Souza & Souza Advocacia - Notícias
NOTÍCIAS

22/05/2018

RE que discute liberdade de expressão e direito a indenização por danos morais tem repercussão geral

Em deliberação no Plenário Virtual do Supremo Tribunal Federal (STF), os ministros reconheceram a repercussão geral em recurso no qual se discute a liberdade de expressão e o direito à indenização por danos morais, devidos em razão da publicação de matéria jornalística que imputa prática de ato ilícito a determinada pessoa. A votação unânime ocorreu na análise de tema constitucional no Recurso Extraordinário (RE) 1075412, interposto pelo jornal Diário de Pernambuco S.A.. 

Na instância de origem, o ex-deputado federal Ricardo Zarattini Filho ajuizou uma ação contra o Diário de Pernambuco, pedindo indenização por danos morais em razão de conteúdo de entrevista veiculada no jornal que teria violado a honra do ex-parlamentar por imputar a ele conduta ilícita. A primeira instância julgou o pedido procedente, ao reconhecer que a publicação jornalística teria imputado a prática de ato ilícito a Ricardo Zarattini Filho.

A decisão foi reformada pelo Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJ-PE). Com base na interpretação dos artigos 5º, inciso IX, e 220 da Constituição Federal, o colegiado assentou a ausência do dever de indenizar por parte da empresa, ao entender que a publicação tratava de entrevista de terceiro e que o meio de comunicação deixou de se manifestar quanto ao conteúdo. O TJ frisou que a atuação do jornal estava coberta pelo princípio da liberdade de imprensa e que não houve violação à honra. 

Na análise da questão, a Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deu provimento a recurso especial, interposto pelo ex-deputado contra a decisão do TJ-PE, julgando procedente o pedido de indenização. Para aquela Corte, os direitos à informação e à livre manifestação do pensamento não possuem caráter absoluto, encontrando limites em outros direitos e garantias constitucionais que visam à concretização da dignidade da pessoa humana.

Os ministros do STJ entenderam que, no desempenho da função jornalística, “as empresas de comunicação não podem descurar de seu compromisso com a veracidade dos fatos ou assumir uma postura displicente ao divulgar fatos que possam macular a integridade moral de terceiros”. Salientaram que a jurisprudência do Tribunal é no sentido de que as empresas jornalísticas são responsáveis pela divulgação de matérias ofensivas, “sem exigir a prova inequívoca da má-fé da publicação”.

Dessa decisão, o jornal interpôs o recurso extraordinário dirigido ao STF. 

Manifestação

O relator do recurso, ministro Marco Aurélio, considerou configurada a repercussão geral na matéria constitucional. “Em jogo faz-se o direito-dever de informar", ressaltou, ao observar tratar-se de “quadro em que veículo de comunicação limitou-se a estampar entrevista de terceiro, vindo a ser responsabilizado, considerada ação de indenização por danos morais”. 

O mérito do RE será analisado pelo Plenário do STF oportunamente.

Fonte: stf.jus.br
16/08/2016
O novo Código de Processo Civil e a segurança jurídica normativa
04/10/ 2016
Aniversário da Constituição - Advogados pedem que STF recue e proíba prisão antes de coisa julgada
06/10/2016
STF admite execução da pena após condenação em segunda instância
14/10/2016
Em ação com vários pedidos, honorários devem se basear no principal
03/11/2016
DECISÃO - CDC pode ser aplicado em conflito de condomínio contra empresa
28/11/2016
Estado transformou direitos e garantias do contribuinte em lendas urbanas
06/12/2016
Liminar afasta Renan Calheiros da Presidência do Senado
15/02/2017
Sócio oculto responde por dívida por se beneficiar do trabalho do empregado
09/03/2017
Juiz anula auto de infração que desconsiderou créditos de ICMS
16/03/2017
REPERCUSSÃO GERAL - ICMS não integra base de cálculo do PIS e da Cofins, define Supremo
11/04/2017
LIMITE PARA DEDUÇÃO DE IR DE DESPESA COM EDUCAÇÃO É INCONSTITUCIONAL
25/08/2017
Palestra motivacional cancelada sem aviso gera dever de indenizar
31/08/2017
Relator aplica princípio pro infans e concede prisão domiciliar a mãe de duas crianças
08/09/2017
Quarta Turma concede liminar contra excesso em prisão civil de alimentante
13/09/2017
Ministro afasta execução provisória de pena por ofensa à presunção de inocência
18/09/2017
Provedores, redes sociais e conteúdos ofensivos: o papel do STJ na definição de responsabilidades
03-10-2017
Suspensa execução provisória da pena de condenado com direito de recorrer em liberdade
10/10/2107
O apadrinhamento da Justiça e a supressão da imparcialidade judicial
17/10/2017
ENTENDIMENTO DO STF - Ação de reparação de danos decorrente de ilícito civil é prescritível, diz Lewandowski
24/10/2017
Música, livros e ressocialização: possibilidades de remição de pena na visão do STJ
07/11/2017
INDEPENDENTE DE CONSENTIMENTO STJ estabelece em súmula que sexo com menor de 14 anos é estupro
14/11/2017
Impossibilidade de execução provisória da pena restritiva
23/11/2017
PL que criminaliza vingança pornográfica é aprovado na CCJ do Senado
28/11/2017
Ministro aplica entendimento de que prorrogação de escutas telefônicas deve ser fundamentada
05/12/2017
PLENA VIGÊNCIA - Razões recursais em segundo grau ainda são válidas, diz ministro do STJ
28/12/2017
RETROSPECTIVA 2017 Relembre as 14 súmulas aprovadas pelo STJ em 2017, por área do Direito
16/01/2018
DANO MORAL - Comprador de moto deve indenizar ex-dono por não transferir o veículo
25/01/2018
Lei que permite bloqueio de bens de contribuintes inscritos em dívida ativa é objeto de Ação Direta de Inconstitucionalidade
15/02/2018
Ministro Celso de Mello concede prisão domiciliar a mãe de criança de 11 meses
19/02/2018
Ministro concede prisão domiciliar a mulher presa que tem filha de um ano
01/03/2018
OFENSAS NA REDE - Facebook é condenado a passar informações para identificar usuário
05/03/2018
ENTENDIMENTO POLÊMICO - Condenados em segundo grau conseguem HC no Supremo em 23% dos casos
13/03/2018
Liminar autoriza parte do indulto presidencial para sentenciados
22/03/2018
SENSO INCOMUM - Decisão de segundo grau esgota questão de fato? Será que no Butão é assim? Por Lenio Luiz Streck
27/03/2018
JUSTIÇA TRIBUTÁRIA Até quando os direitos dos contribuintes serão desrespeitados? Por Raul Haidar
03/04/2018
Caixa não pode bloquear conta de aposentada para garantir pagamento de crédito consignado
09/04/2018
Lei fixa 90 dias para cadastro no Refis de Micro e Pequenas Empresas
19/04/2018
Ex-proprietário não é responsável por IPVA mesmo quando não comunica venda do veículo
07/05/2018
STJ aumenta de R$ 8 mil para R$ 70 mil indenização a advogada vítima de representação caluniosa
22/05/2018
RE que discute liberdade de expressão e direito a indenização por danos morais tem repercussão geral